Última matéria enviada em 10/04/2008 - Matéria acessada: 1560 vezes
Cariacica: cidade da logística

Com a vocação para as áreas de logística e transporte, Cariacica vive uma nova realidade: a de atrair empresas de grande porte. Por conta disso, a receita do município vêm aumentando, juntamente com os investimentos nas áreas de infra-estrutura, saúde e educação.

Existem grandes razões para que o município seja reconhecido como a sede da logística: é cortada por duas Rodovias Federais (BR 101 e 262) e duas Ferrovias (Centro Atlântica e Vitória-Minas), além da proximidade com dois Portos (Capuaba, em Vila Velha e Vitória, capital).

Com a chegada das grandes empresas, como Ambev (Skol, Brahma e Antarctica) - que está em fase final de implantação no bairro Santana, na Rodovia do Contorno - e a Multilift (empresa de logística portuária). O Produto Interno Bruto (PIB) de 2008 da cidade será aproximadamente R$ 4,8 milhões de reais, o que corresponde o dobro do PIB do ano de 2004, que era de R$ 2,4 milhões.

Além das empresas de logística e transporte, outros empreendimentos estão se instalando na cidade. A rede de supermercados Casagrande inaugurou a primeira unidade no começo de 2006, em Itacibá, e no começo do próximo ano, será inaugurada a segunda filial, mas dessa vez, será em Campo Grande.
Já as Casas Bahia, uma das principais lojas de varejo do país, elegeu o bairro Campo Grande para sediar as duas filiais, das dez lojas que irão inaugurar no Estado. As inaugurações acontecem nos próximos dias.

Só no último ano foram abertas no município 1.231 empresas, sendo gerados 2.820 empregos diretos. Outras 1.200 vagas são estimadas, com a entrada em operação de novos projetos a partir de dezembro.

Pólo Empresarial

Localizada na antiga Fazenda Itanhenga, em Nova Rosa da Penha, a área de 7 milhões de metros quadrados abriga o primeiro Pólo Empresarial de Cariacica. A previsão é de geração de 12.500 empregos diretos e indiretos e de aumento de R$ 1,2 bilhão do Produto Interno Bruto (PIB) de Cariacica somente no primeiro ano de instalação do pólo.

A área está em fase de regularização e deve ser concluído até 2009, em parceria com a Superintendência dos Projetos de Polarização Industrial (Suppin).

A previsão é de atrair 150 novas empresas, e com isso, gerar 6 mil novos empregos ao longo de sua ocupação, prevista até 2015.

Abrir empresas em Cariacica é muito rápido!

Quem deseja regularizar ou até mesmo abrir uma empresa no município poderá obter, em até 48 horas, o alvará de abertura, através do Centro Integrado de Apoio à Micro e Pequena Empresa (Ciampe), localizada no Trevo de Alto Lage, em cima do prédio da Ciretran.

O objetivo principal é criar um atendimento diferenciado, personalizado e menos burocrático de apoio ao empresariado, e fornecer em um único lugar toda a orientação necessária para empreendedores de Micro e Pequeno Porte.

Entre os serviços oferecidos estão a renovação de alvarás, telecentro, abertura e regularização de empresas. Desde sua criação, em 1° de agosto de 2006 até abril de 2007, o centro realizou 3.570 atendimento e promoveu a abertura de 1.231 empresas.

 
Seja o primeiro a comentar esta matéria!
 



ENVIE ESTA MATÉRIA PARA SEUS AMIGOS...
 
Últimas da coluna Estado Capixaba
16/01/2009

24/11/2008

25/09/2008

25/08/2008

27/06/2008

12/06/2008

11/06/2008

10/04/2008

03/04/2008

15/03/2008


Últimas Notícias
29/04/2016

29/04/2016

27/04/2015

16/04/2015

09/12/2014

 
_________________________________________________________________________________________________________________________________