Última matéria enviada em 05/01/2006 - Matéria acessada: 1280 vezes
Índice de Preços ao Consumidor

Você certamente já deve ter ouvido falar de índices de preços. Afinal, eles sempre são notícias em jornais, revistas e TV. Mas será que você sabe o que são índices de preços? Bem, de acordo com o Banco Central, índices de preços são números que agregam e representam os preços de uma determinada cesta de produtos. Sua variação mede, portanto, a variação média dos preços dos produtos da cesta. Podem se referir, por exemplo, a preços ao consumidor, preços ao produtor, custos de produção ou preços de exportação e importação. Os índices mais difundidos são os índices de preços ao consumidor, que medem a variação do custo de vida de segmentos da população (a taxa de inflação ou deflação).

 

Os índices de preços são muito utilizados para efeito de avaliação de investimentos (analisando as perdas inflacionárias), financiamentos e no planejamento financeiro de longo prazo de empresas. Como herança de décadas de inflação crônica, os agentes econômicos brasileiros se habituaram a conviver com grande variedade de índices de preços. Apesar dessa variedade, os índices calculados no país se classificam em três grupos principais: os índices de preços ao consumidor de cobertura nacional apurados pelo IBGE (www.ibge.gov.br ); os índices gerais de preços apurados pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas ( http://www.fgv.br ); e o índice de preços ao consumidor de São Paulo, apurado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (http://www.fipe.com.br).

 

Os principais índices calculados e utilizados atualmente são:

 

- Os índices do IBGE incluem o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

 

- Os índices gerais da FGV incluem o Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI) e o Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), além de seus componentes: o Índice de Preços por Atacado (IPA), o Índice de Preços ao Consumidor (IPC-Br) e o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC).

 

- Por fim, o índice da Fipe é o Índice de Preços ao Consumidor em São Paulo (IPC-Fipe).

 

Os principais índices levam em consideração na sua metodologia de cálculo as grandes regiões metropolitanas do país, como se o que acontecesse nas grandes cidades fosse o reflexo para o resto do país. Sabemos que não é bem assim, desta forma os índices podem acabar por não refletir as características e peculiaridades de determinadas regiões do país, principalmente o interior. Por exemplo, para medirmos a inflação na região de Linhares, precisaríamos pesquisar o custo de vida de Linhares, identificando a "cesta de produtos" de um consumidor típico linharense e os pesos de cada produto em sua cesta. A inflação do Rio de Janeiro provavelmente deve ser diferente da inflação de Linhares ou de Rio Bananal, por exemplo. Pois em uma grande cidade, as pessoas costumam gastar uma parcela maior de sua renda com transporte do que nas cidades pequenas e o aumento na tarifa de transporte público afetará muito mais os índices de preços de uma grande cidade.

 

A importância de se utilizar um índice de inflação na hora de investir está na apuração do ganho real do investimento, desconsiderando as perdas inflacionárias. Grosso modo falando, se você tivesse um ganho nominal em uma aplicação financeira de 25% a.a. e a inflação medida por um índice que representasse a sua cesta de compras básica, tivesse sido apurado em 10% a.a., o seu ganho real foi de exatamente 15% a.a.

 

Como podem perceber, a inflação onera seus investimentos, no sentido de corroer seu poder de compra.

 

Por isto, fique de olho na inflação e acompanhe os índices de preços!!!

 

Bons investimentos em 2006!!!

 

Por Abel Fiorot Loureiro

O autor é Mestre em Administração pelo IBMEC/RJ, professor do curso de Administração da Unilinhares e consultor empresarial.
www.aflconsultoria.com.br

 
Seja o primeiro a comentar esta matéria!
 



ENVIE ESTA MATÉRIA PARA SEUS AMIGOS...
 
Últimas da coluna Informe Financeiro
03/03/2008

13/11/2007

26/08/2006

10/05/2006

05/01/2006

12/08/2005

14/07/2005

30/06/2005

28/06/2005


Últimas Notícias
29/04/2016

29/04/2016

27/04/2015

16/04/2015

09/12/2014

 
_________________________________________________________________________________________________________________________________