Última matéria enviada em 03/07/2008 - Matéria acessada: 1655 vezes
Apagão na web afeta bancos, INSS e delegacias
Sem sistema, polícia rodoviária não podia checar documentos dos veículos e do condutor. Liberação de benefícios em agências do INSS também foi prejudicada.

A pane que afeta a “espinha dorsal” da internet pela companhia Telefônica prejudica a população também no interior de São Paulo nesta quinta-feira (3). Agências do INSS, delegacias, postos do Poupatempo e até mesmo a polícia rodoviária encontram dificuldades no seu trabalho por causa da falha na rede.

O Fórum e a Cidade Judiciária de Campinas, a 95 km da capital paulista, estão com problemas nas consultas, entradas e despachos de processos. Na cidade, os distritos policiais, que ficaram sem atendimento, registram manualmente boletins de emergência, como de furto e roubo de carros e flagrantes. A polícia rodoviária também teve seu trabalho prejudicado, já que as blitzes não têm eficácia se não é possível buscar no sistema possíveis irregularidades na habilitação do condutor e checar os documentos do veículo.

Já em São Carlos, a 231 km da cidade de São Paulo, o INSS não pode agendar perícia médica e não consegue passar informações com a pane na internet. Problemas em agências do INSS também foram verificados Ribeirão Preto, a 314 km da capital paulista, e São José do Rio Preto, a 440 km de São Paulo. A liberação de benefícios nas agências do INSS também fica prejudicada com a pane.

Enquanto em Campinas o problema nas delegacias era resolvido manualmente em casos de emergência, em Ribeirão Preto a população era orientada a voltar depois, já que o registro dos boletins de ocorrência não podia ser feito devido à pane na internet.

 

200 reclamações por minuto

Funcionários da Telefônica ouvidos pela CBN afirmam que o problema afeta o backbone da companhia e que, a cada cinco minutos, o callcenter da empresa recebe mil reclamações. (Saiba aqui o que é backbone) Em nota, a empresa disse apenas que “uma ocorrência técnica em alguns equipamentos está afetando parcialmente sua rede de transmissão de dados”.

Metade da rede de sistemas do governo do estado de São Paulo está fora do ar, segundo informações da Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Prodesp). Segundo a assessoria de imprensa da Prodesp, o problema é com o serviço da Telefônica e começou na quarta-feira (2). Empresas privadas e órgãos da administração municipal e federal também foram atingidos, segundo a Telefônica.

 
Seja o primeiro a comentar esta matéria!
 



ENVIE ESTA MATÉRIA PARA SEUS AMIGOS...
 
Últimas da coluna Brasil
03/02/2009

06/10/2008

19/09/2008

18/09/2008

28/08/2008

22/08/2008

14/08/2008

31/07/2008

30/07/2008

03/07/2008


Últimas Notícias
29/04/2016

29/04/2016

27/04/2015

16/04/2015

09/12/2014

 
_________________________________________________________________________________________________________________________________