Última matéria enviada em 11/06/2008 - Matéria acessada: 1350 vezes
ACCACI - Associação Capixaba Contra o Câncer Infantil

Histórico

O Hospital Infantil Nossa Senhora da Glória, em Vitória, iniciou os trabalhos do Setor de Oncologia em 1986, atendendo pacientes de todo o Estado do Espírito Santo e dos Municípios limítrofes da Bahia, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Logo logo, seus profissionais e os muitos pacientes começaram a enfrentar dificuldades que travavam a qualidade no atendimento, como as instalações não adequadas e um ambiente que se mostrava totalmente desumanizado.

Além disso, os leitos permaneciam ocupados em demasia, porque muitas famílias, por questões econômicas, não tinham como retirar dali os filhos em tratamento - e, quando o faziam, isso gerava o abandono do processo de tratamento.

Esta realidade motivou que pais de crianças com câncer, médicos e outros profissionais envolvidos, além de membros da sociedade em geral, se organizassem com o propósito de pelo menos minimizar os problemas que se acumulavam.

A partir de soluções testadas em outras regiões do País, e até no exterior, focaram o movimento na busca por um ambulatório voltado para o câncer infantil e na adaptação de uma enfermaria que se destacasse por dispor de mais conforto.

Porém, estas primeiras vitórias mostraram que ainda faltava muito para se conseguir a garantia de maior eficácia no combate à doença e, ao mesmo tempo, reduzir ou eliminar a vulnerabilidade social dos responsáveis durante este período.

Careciam de uma estrutura que pudesse ampliar a assistência e o apoio aos mais pobres, de forma que, além de manter o paciente, permitisse que os parentes tivessem condições de acompanhar todo o caminhar em busca da cura.

Assim, em 15 de março de 1988, é criada a Associação Capixaba de Combate ao Câncer Infantil - Acacci, organização não-governamental, sem fins lucrativos, voltada a melhorar a qualidade de vida de todos os afetados pelo câncer infantil.

Trata-se de uma estrutura criada para, além de propiciar um melhor enfrentamento da doença, minorar a angústia daqueles que sofrem física e espiritualmente, sem esquecer-se de resgatar os valores de cidadania a que todos eles têm direito.

Desde seu início, a entidade se mantém com doações em dinheiro, produtos ou serviços, vindos dos Governos em suas instâncias municipal, estadual ou federal, empresas públicas e privadas, associações da sociedade civil e de pessoas físicas.

Administrada por uma Diretoria e um Conselho Fiscal de voluntários, desde sua fundação, vem ampliando o leque de serviços de acolhimento que oferece às crianças e adolescentes e aos familiares que os acompanham durante a longa jornada.

Eles recebem passagens para se deslocar de suas cidades de origem ou retornar a elas e hospedagem e alimentação no Núcleo de Apoio enquanto permanecerem em Vitória, e mais vales-transporte, medicamentos, roupas e ajuda de custo.

E o que não é menos importante: assistência psicológica, participação em atividades para minimizar o impacto emocional provocado tanto pela enfermidade quanto o seu combate e programas de manutenção do rendimento escolar.

Instalações

Nova Sede da ACACCI

Mais do que a realização de um sonho a nova Sede da ACACCI é a conquista e resposta ao trabalho realizado pela equipe de profissionais da Instituição, dos voluntários e de toda sociedade capixaba que se empenharam para que se tornasse uma realidade. Por isso consideramos como o ponto mais alto das realizações do ano de 2006 a inauguração da nova Sede.

A nova Sede mais do que uma realização tem como objetivo aperfeiçoar as ações desenvolvidas pela Instituição com melhoria da qualidade de atendimento e do cuidado prestado. Isso tudo, além da humanização do espaço, respeitando as normas técnicas preconizadas para estabelecimento de atenção à saúde, de acessibilidade de portadores de deficiência física e códigos de posturas e obras da Prefeitura Municipal de Vitória.

A inauguração da Sede aconteceu em 23 de outubro, numa cerimônia solene com a presença do governador do Estado do Espírito Santo Exmº sr. Paulo Hartung, da atual diretoria e de outras anteriores, dos colaboradores, parceiros, voluntários, políticos das esferas municipal, estadual e federal, além da presença de pacientes e seus familiares, enfim toda a sociedade capixaba estava representada.

A nova Sede é composta pela Casa da Família com quartos espaçosos, podendo hospedar até três famílias, com banheiro privativo, brinquedoteca, biblioteca, capela, sala de TV, refeitório e cozinha amplos, depósitos, bazar, espaço de convivência para realização de oficinas e artesanatos, duas guaritas, o prédio da administração com auditório, mirante, almoxarifados, podendo diariamente hospedar 60 pessoas entre pacientes e acompanhantes. Vale ressaltar, que a ACACCI contou ainda com 28 designers decorando todos espaços e 70% dos mesmos devidamente mobiliado.

Acreditamos que essa conquista marca a história da ACACCI demonstrando a força da sociedade, junto com Instituições governamentais e a sociedade civil organizada em prol de um mundo melhor e mais justo.

ESTAMOS PRECISANDO!

Produtos mais necessários hoje:

Alimentos

Achocolatado, azeite, leite em pó, canela em pó, óleo de soja, fubá, canjiquinha de milho, coco ralado, creme de leite, macarrão, queijo ralado, sardinha, tapioca, triguilho, atum, polvilho azedo, polvilho doce, pó para gelatina (sabores), lentilha, leite de coco, leite condensado, farinha de mandioca, maionese, vinagre, farinhas nutritivas (farinha láctea, aveia, Nutriton ou Mucilon), Sustagem,  ovos.

 

Material de higiene  e limpeza

Papel higiênico, limpa-alumínio, vaselina, líquida, esponja de pia, cloro, sabão de coco e detergente.

 

Descartáveis

Copos, guardanapos.

 

Roupas para o Bazar

Roupas, sapatos - tamanho infantis e adultos, cintos , roupas de cama e mesa.

Brinquedos

Brinquedos, jogos usados.


Para fazer sua doação ligue: 27 2125-2992.

Voluntários

A maior parte das atividades da Acacci é desenvolvida por voluntários e, atualmente, eles somam 112, atuando regularmente na recreação (42,86 %), oficinas de trabalhos manuais (25%), gestão de eventos (11,61%), assessoria à diretoria (10,71%), bazar (6,25%) e apoio geral (3,57%).

A entidade mantém um programa de captação e de aprimoramento para aqueles que se disponham a ajudar que é dividido nas seguintes fases:

Triagem
Em fevereiro, junho e setembro, por de cadastro, entrevista individual e capacitação específica.

Acompanhamento
Diariamente, pela Assessoria ao Voluntário e, mensalmente, por meio de reunião.

Capacitação
Duas vezes ao ano.

Informações
(27) 2125 2972.

fonte: http://www.acacci.org.br

 
Seja o primeiro a comentar esta matéria!
 



ENVIE ESTA MATÉRIA PARA SEUS AMIGOS...
 
Últimas da coluna Estado Capixaba
16/01/2009

24/11/2008

25/09/2008

25/08/2008

27/06/2008

12/06/2008

11/06/2008

10/04/2008

03/04/2008

15/03/2008


Últimas Notícias
29/04/2016

29/04/2016

27/04/2015

16/04/2015

09/12/2014

 
_________________________________________________________________________________________________________________________________